Pages

26 de jan de 2010

Muita Chuva

Os cerca de 120 turistas brasileiros que estavam na região de de Cuzco, no Peru, próxima ao sítio arqueológico de Machu Picchu, passaram a noite de ontem (25) em vagões por falta de locais apropriados para serem abrigados. O Ministério das Relações Exteriores informou que todos estão bem e não há mortos. O objetivo é retirá-los daquela região ainda hoje (26), em uma ação da Embaixada do Brasil em Lima (capital do Peru) e da Defesa Civil. De acordo com dados oficiais, 40% das pessoas que permanecem na região estão sem água potável e a comida está acabando. As autoridades de Cuzco informaram que foi declarado estado de emergência por 60 dias. Também está proibida a entrada de turistas na região nos próximos três dias. Desde sábado (23), as autoridades peruanas estão em alerta em decorrência das fortes chuvas que caíram na região de Cuzco e bloquearam a ferrovia que dá acesso a Machu Picchu. Aproximadamente 2 mil turistas – entre brasileiros, europeus e norte-americanos – estavam na região da cidade de Águas Calientes. A cidade é uma espécie de apoio para quem visita a região.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!