Pages

27 de nov de 2009

Polêmica em Sarandi

A proposta que prevê a demissão dos secretários municipais de Sarandi que moram em outras cidades, aprovada por unanimidade pelos vereadores locais, foi vetada pelo prefeito Milton Martini (PP foto). A Câmara recebeu o veto nesta semana. O projeto de lei determina que, caso não fixem residência em Sarandi em um prazo de 60 dias, os secretários que moram fora sejam exonerados do cargo. Cinco dos dez secretários seriam atingidos, incluindo os de Educação, Saúde e Urbanismo.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!