Pages

18 de jun de 2010

Acabando o mistério

Cortejado pelo PT para ser candidato ao governo do Paraná, o senador Osmar Dias encaminhou nesta sexta à Executiva Nacional do partido dele, o PDT, um pedido de autorização para formar aliança com o PSDB no Paraná. Neste caso, ele tentaria a reeleição ao Senado na chapa encabeçada pelo tucano Beto Richa, candidato ao governo do Estado. Apesar da decisão do senador Osmar Dias em fazer a consulta à Executiva Nacional, nem o PDT nem o PT dão como encerradas as negociações. O presidente do PT nacional, José Eduardo Dutra, disse que conversou nesta tarde com o presidente do PDT e com o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, e que ouviu dele a promessa de que trabalharia pela composição da aliança PT-PDT no Paraná. Os dois marcaram uma reunião para segunda-feira à noite, em Brasília, com a presença do presidente do PMDB, Michel Temer, além de Osmar Dias e do governador do Paraná Orlando Pessuti (PMDB). Dutra avalia que, se Osmar Dias esperar até a reunião de segunda-feira, ainda há a possibilidade de um acordo, no qual Pessuti desistiria da reeleição e apoiaria Dias ao governo.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!