Pages

28 de jun de 2010

Drama


Por não ter 6 mil euros ou R$ 13,2 mil disponíveis para transladar o corpo do paranaense Eleomar Alves de Oliveira Pe­­lizari, de 35 anos, morto em Paris, na última terça-feira, dia 22, a família dele residente em Ubiratã, na Região Centro-Oeste do estado, decidiu colocar à venda uma casa, ‘rifar’ um veículo Fusca e ainda pedir ajuda aos amigos. Até o último sábado, a família havia conseguido o translado do corpo de São Paulo até Ubiratã e R$ 80 com amigos. “Pedimos ajuda às autoridades do município e aos deputados federais, mas eles prometeram e sumiram”, disse a irmã de Pelizari, Márcia de Oliveira. Todo o dinheiro arrecadado será usado no translado de Paris até São Paulo e para o sepultamento no município paranaense. “Não esperava receber meu filho em um caixão. Estamos à base de calmantes”, lamentou o aposentado Manoel Alves de Oliveira (foto), de 74 anos.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!