Pages

27 de jun de 2010

Porta do tráfico

A localização geográfica do Paraná, por conta da tríplice fronteira (formada pelo Brasil, Paraguai e Argentina), transformou o Estado na principal porta de entrada de drogas provenientes desses dois outros países, principalmente o Paraguai. De acordo com o 181 Narcodenúncia, da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), do início do ano até a última quinta feira, foram apreendidos no Paraná 117 quilos de cocaína, 787,4 mil pedras de crack e outras 13,2 toneladas de maconha. Para chegar a essa quantidade, foram unidas as apreensões feitas pela Polícia Militar do Paraná, Polícia Civil do Paraná e Polícia Federal. De acordo com o tenente Edivan Fragoso, do 181 Narcodenúncia, as drogas vindas da região de fronteira do Estado são trazidas a Curitiba e levadas para o litoral do Paraná e de Santa Catarina. "Além desse caminho, as drogas também descem pela região sul do Estado, aproximadamente em Francisco Beltrão, e são levadas para o interior de Santa Catarina e Rio Grande do Sul", explica. Outra rota utilizada pelos traficantes envolve as cidades de Maringá e Cascavel. "Essas duas cidades são utilizadas pelo tráfico para levar as drogas para o interior de São Paulo", ressalta.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!