Pages

17 de jul de 2011

Brasileiro otimista

Máquinas em guerra contra humanos. Catástrofes ambientais que dizimam países inteiros. Vírus misteriosos responsáveis por reduzir a população a poucos grupos errantes. Embora o cinema insista em, volta e meia, apresentar uma visão pouca animadora para o futuro, a história recente mostra que existem razões para otimismo. A qualidade de vida de milhares de pessoas vem melhorando, fruto de uma onda de desenvolvimento que finalmente chegou a países como China, Índia e Brasil. O otimismo do brasileiro, porém, ultrapassa o dos concorrentes emergentes. Segundo uma pesquisa do Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV): entre 144 países, o Brasil é o primeiro quando o assunto é otimismo em relação ao futuro. A liderança no pensamento positivo reflete em parte um traço de personalidade do brasileiro, aquele “jeitinho” de ser feliz com pouco. Mas não é possível desprezar que de fato a pesquisa reflita as perspectivas abertas pela redemocratização e a estabilidade econômica que marcaram as duas últimas décadas.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!