Pages

8 de set de 2010

Mais um

Uma das estradas que podem receber pedágio, conforme proposta dos engenheiros do DER, é a PR-317, no trecho entre Maringá e Iguaraçu. A proposta divide opiniões entre os usuários da rodovia. Um dos que se mostram contrários à instalação do projeto foi o aposentado Zailson Lemos, que reside em Lobato (a 55 quilômetros de Maringá), e que trafega pela rodovia de três a quatro vezes por semana. “Os governos têm que melhorar as estradas e largar mão dessa ideia aí. O povo brasileiro já está muito sacrificado e ainda querem colocar mais pedágio?”, questiona o motorista. O ponto de vista é compartilhado por Gilson Paulo Ferreira, militar da reserva, morador de Maringá. Na opinião dele, em vez de ser cobrada uma tarifa para ajudar na conservação da rodovia, o governo deveria melhorar a distribuição do que arrecada. “O governo faz uma má aplicação dos recursos, que poderiam ser utilizados nas melhorias das estradas. O pior dessa terceirização das rodovias é o governo deixar de fazer o seu serviço”, diz.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!