Pages

13 de nov de 2010

Multa


O Procon de Maringá apurou nos últimos meses que 41% do telefones públicos de Maringá estavam depredados ou fora de funcionamento. A Oi, empresa de telefonia responsável pelos aparelhos, foi notificada, mas, como nada foi feito no prazo de 10 dias, o Procon multou a companhia em R$ 141 mil. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) permite apenas 8 reclamações para cada 100 orelhões espalhados na cidade, mas em Maringá, entre os 247 existentes, 102 estavam quebrados, segundo dados do Procon.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!