Pages

16 de abr de 2012

Crédito fácil

O Governo do Estado iniciou nesta semana uma série de ações de incentivo para que micro e pequenos empresários do interior do Paraná possam fortalecer seus empreendimentos. Crédito facilitado, qualificação profissional e informações serão oferecidos com programas de financiamento e com a instalação de Fóruns Regionais das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Paraná. As ações são resultados de parcerias entre o Governo do Estado, prefeituras e diversas entidades como o Sebrae, Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Associações Comerciais, Faciap, Agência de Fomento, comerciantes, empresários, empreendedores e lideranças locais e regionais. O Bom Negócio Paraná assegura capacitação gerencial e crédito subsidiado. A meta é atender 60 mil micro e pequenos empreendimentos formais e informais com receita bruta de até R$ 2,4 milhões por ano. As linhas de crédito terão juros que variam de 0,58% a 1,1% ao mês e serão ofertadas pelo Banco do Empreendedor da Agência de Fomento. Quanto mais capacitado o empreendedor, mais barato será o juro. Os recursos podem ser aplicados em capital de giro e na realização de obras, reformas, compra de móveis, instalações, montagens e aquisição de máquinas e equipamentos. Já os cursos gratuitos de capacitação gerencial serão frutos de parceria com entidades empresariais. Cada curso terá duração de 66 horas, durante 22 dias nas seguintes áreas: empreendedorismo e projeto de vida, gestão de negócios, gestão de pessoas, gestão financeira, gestão comercial e gestão estratégica. O Fórum Estadual Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Paraná foi criado para discutir políticas públicas que beneficiem as micro e pequenas empresas. Formado por 32 representantes do governo, entidades de apoio e de representação do segmento de microempresas e empresas de pequeno porte, o fórum é a instância governamental competente para cuidar dos aspectos não-tributários relativos ao tratamento diferenciado ao setor. O sistema paranaense é considerado referência nacional e é utilizado como modelo por outros estados. Com os lançamentos, o Fórum vai se instalar em 18 microrregiões do Estado - de acordo com a divisão da Associação dos Municípios do Paraná (AMP). As novas entidades vão criar canais institucionais de interlocução com representantes locais, fomentando o debate de questões políticas e empresariais, com o objetivo de criar um ambiente favorável para o desenvolvimento e a competitividade de pequenos negócios.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!