Pages

5 de mar de 2010

Na justiça

O ministro Paulo Bernardo entrou com uma ação civil na Justiça na tarde desta sexta-feira (5) contra o governador do Paraná Roberto Requião. O chefe do Executivo paranaense acusou o ministro de ter utilizado dinheiro público para comprar uma rádio e de ter superfaturado o valor de um ramal ferroviário que seria construído na região de Guarapuava. De acordo com o advogado de Paulo Bernardo, Luiz Fernando Pereira, a indenização pedida é de R$ 100 mil. Pereira disse ainda que irá ingressar com outra ação contra o governador. Mas, a ação criminal será protocolada somente após Requião renunciar ao cargo de governador – o que deve ocorrer até 4 de abril -, uma vez que pretende concorrer a uma vaga ao Senado. “Entraremos com a ação quando Requião não tiver mais foro privilegiado e puder responder como um cidadão comum”, afirmou Pereira.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!