Pages

23 de out de 2009

CPMI do MST só da PT

Quem esperava que a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito avançaria em suas investigações sobre as atividades do MST se frustrou: os governistas terão a ampla maioria na CPMI. Dos 36 membros titulares (18 deputados e igual número de senadores), 23 pertencem a partidos que integram a base de sustentação do governo. A oposição terá 12 membros, sendo cinco deputados e seis senadores. Essa foi a segunda vez que a oposição tentou juntar assinaturas para a criação da CPMI. Na primeira, a base governista conseguiu a retirada de assinaturas em número suficiente para impedir a criação da comissão. Na prática isso significa que a expetativa em torno da abertura da 'caixa preta' do movimento, cujas ações são financiadas com dinheiro público, continuará um mistério.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!