Pages

23 de out de 2009

No Vale, só dá Dias


A candidatura de Beto Richa ao governo do Estado não desliza em céu de brigadeiro como acreditam tucanos mais entusiasmados com a ascensão do prefeito de Curitiba na preferência popular, como demonstram alguns levantamentos de intenção de voto. Pesquisas que começam a circular por aí, dessas não exatamente confiáveis por conta da falta de critérios técnicos e mais ainda por estar a serviço de interesses contrários, apontam que em algumas regiões do Estado Beto Richa amargo quarto lugar no confronto com Alvaro Dias (1º), Osmar Dias (2º) e Orlando Pessuti (3º). Esse é o cenário no Vale do Ivaí em levantamento que circula nas cidades da região. Pelo resultado, observa-se que a pesquisa, estimulada, aponta o que já se intuía: no interior, naqueles rincões mais distantes da capital, Beto Richa ainda é um nome desconhecido – ou melhor, não tem a preferência do eleitorado. Descontando-se a falta de credibilidade desses estudos, é nítida a certeza que o prefeito de Curitiba terá que gastar muita sola de sapato para se viabilizar eleitoralmente no interior – e ele sabe disso.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!