Pages

25 de mai de 2010

Cada macaco no seu galho

A Comissão Nacional de Árbitros da CBF, designou na 3ª rodada do Brasileirão/2010, como Observadores de Arbitragem na maioria dos jogos, ex-árbitros de futebol, o que demonstra a preocupação da entidade em cumprir a determinação da Fifa, que versa de que os Observadores de Arbitragem, devem ser ex-árbitros de futebol, com notório conhecimento sobre as Regras do Jogo e com isto, coloca cada macaco no seu galho. Para que o leitor entenda: Avaliar o desempenho do quarteto de árbitros, não é um ajuste de contas, mas sim um retrato fiel do trabalho executado pelo árbitro, assistentes e o quarto árbitro, no jogo em que estão esclados. Entendo a posição de Sérgio Corrêa da Silva, presidente da Conaf, que as vezes, é obrigado e escalar pessoas alheias ao meio da arbitragem, que nunca tiveram qualquer identidade com os árbitros e são indicações das Federações Estaduais, mas é chegada a hora de o País Pentacampeão de futebol do planeta, dar um basta, nos alienígenas travestidos de Observadores de Arbitragem, que ocupam posição de destaque nas cadeiras dos estádios de futebol em todo o Brasil, possuem carteira da CBF e de prancheta na mão, com a maior cara-de-pau, desempenham esta função, como se tivessem as qualidades exigidas.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo! Sua opinião é muito importante para mim!